top of page

Bio
Michel Alex

(aka MICHEL GIGOLO)

SINOPSE

É um escritor, compositor, performer e encenador franco luso. Paralelamente, o seu trabalho transdisciplinar estende-se noutras áreas artísticas, como as artes visuais; na produção de conteúdos; nos conceitos de empreendedorismo cultural; curadorias e tutorias internacionais, nomeadamente na plataforma Erasmus. É um dos três fundadores da companhia Custom Circus; dos Nirvana Studios; do Teatro Custom Café, da macro comunidade de músicos Band Boxes, do Erasmus Hub, entre outros projectos pioneiros em Portugal, também reconhecidos no tecido Europeu. Nasceu em Paris – França em 1970.

LITERATURA e DRAMATÚRGIA

"LE CABARET ROCK"

Romance - Com prefácio e Curadoria de Júlio Pêgo

(Edições Trebaruna 2023, Registo Dramatúrgico 2008))

"POETAS DA METAMORFOSE"

- Em coautoria com Daniela Sousa, e Rui Gago -

Custom Circus Milestone Book

(Edições do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Oeiras 2023) 

​“ATLAND” 

 Romance série Atland (vol.5) - Com chancela do Museu Nacional dos Coches - Lisboa

(Editorial Divergência 2022)

“ENYGMA OEIRAS” 

 Romance série Atland (vol.4) - Com prefácio da Fundação Marquês de Pombal -

(Editorial Divergência 2021)

“A FANTÁSTICA MALDIÇÃO GUTKIN” 

Crónicas Biográficas

(Edições Verbi Gratia 2020

“WAGON VILLAGE” 

Romance série Atland (vol.3) - Com chancela da Fundação do Museu Nacional Ferroviário - Entroncamento

(Editorial Divergência 2021; Registo dramatúrgico 2016)

“RAUS HUMAN” 

Romance série Atland (vol.2) - Com chancela Nirvana Studios - ERIH - European Route Of Industrial Heritage

(Editorial Divergência 2019)

“MEKANON” 

 Grande Prémio Adamastor de Literatura Fantástica Portuguesa 2021

Romance série Atland (vol.1)

(Editorial Divergência 2019; Registo dramatúrgico 2004)

“HERDEIROS DO APOKALIPSE” 

Manifesto de Arte Upcycling

(Edições do Pelouro da Juventude de Oeiras 2016; Registo dramatúrgico 2005/2016) 

“A SAGA DA RODA”

 Romance Pós Apocalíptico

 (Editorial Divergência 2019; Edição Nirvana Produções 2004; Edição de autor 1988)

COLABORAÇÕES NOUTRAS PUBLICAÇÕES

Enciclopédia do Terror Português

(Edições Verbi Gratia 2023)

"Almanaque Steampunk 2022" 

(Editorial Divergência) - Com o pseudónimo Michel Gigolo

“Revista BANG! – Rubrica de Teatro” 

(Edições FNAC / Saída de Emergência 2022)

"Adolfo Gutkin, A Utopia Multicultural e Rebelde"

(Edições Giostri – Brasil 2019)

"Almanaque Steampunk 2019"

(Editorial Divergência) - Com o pseudónimo Michel Gigolo

“Nirvana Studios Tour eBook”

 (Iplay 2015)

MÚSICA e DISCOGRAFIA

Como director musical das bandas sonoras originais da companhia, tem gravado essa discografia juntamente com os músicos dos Custom Circus.

“ABATTOIR LULLABY” (2022) Album

“VOYAGES DE L'ÉMOTION” (2021) Album

“DIESEL PUNK” (2020) Album

“ABSURDIUM” (2017) Album

“BIZARRE CHIC” (2014) Album

“LE CABARET ROCK” (2012) Album

“GiIGOLO DANCE” (2008) Album

“CUSTOM CIRCUS” (2007) Album

ENCENAÇÃO, INTERPRETAÇÃO e PERFORMANCE

Nestas vertentes tem aliado um percurso que começa na dramaturgia geral da companhia até à incarnação das suas próprias personagens nos palcos.

"POETAS DA METAMORFOSE" - (2023)

“LE CABARET ROCK” - Reloaded (2022 - presente)

“GOING CRAZY” - (2021-2022)

“ART FOR PEACE” - (2021)

“LOCO'MOTIVE” - (2020 - presente)

“ABURDIUM” - (2017-2019)

“A VIAGEM” - Best Of (2015-2017)

“HERDEIROS DO APOKALIPSE” "A Performance" - (2016-2019)

“BIZARRE CHIC” - (2014-2015)

“LE CABARET ROCK” - (2012-2013)

“GIGOLO DANCE” - (2008-2011)

“PERFORMERS DO FOGO” - (2007-2008)

“PRISIONEIROS DO BLUES” - (2006-2007)

“TEATRO SOBRE RODAS” - (2005-2010)

“CUSTOM PARTY” - (2004-2010)

“LUA CHEIA” - (2004-2006)

“CUSTOM PARADE” - (2003-2009)

“A SAGA DA RODA” - (2002)

ARTE - PRINCIPAIS EXPOSIÇÕES

Foi um dos três co-criadores dos seguintes projectos:

- A COLECÇÃO PARADOXAL -

“SAGA CARAVAN”

Peça residente no Museu Nacional Ferroviário - Entroncamento,

Curadoria de Manuel de Novaes Cabral

Desde 2021

“LOCO'MOTIVE” 

Peça residente nos Nirvana Studios - Oeiras / Lisboa

Curadoria de Silvana Bessone

Desde 2020

“ATLAND MONOWHEEL”

Peça residente no Museu Nacional dos Coches - Lisboa.

Curadoria de João Mendes Rosa

---

LIMBUS INFINITUS

Vernissage na Galeria STRANGE em 2020

Curadoria da Fundação do Museu Nacional Ferroviário por Maria José Teixeira e Carla Alexandra Serapicos

HERDEIROS DO APOKALIPSE 

Cápsulas do Tempo

Vernissage na Marina de Oeiras

Curadoria de Fátima de Llera

Desde 2016

NIRVANA STUDIOS - OUTDOOR ART GALLERY

Visitável desde 2004

TELEVISÃO

Foi um dos principais protagonistas do episódio:

LE CABARET ROCK 

Filme televisivo de 60 minutos realizado pela West Coast Films.

Representação internacional pela distribuidora Lukarn France

Imdb TV Special 2023

PROJECTOS, ESPAÇOS CULTURAIS e CONCEITOS PRINCIPAIS

Foi um dos três co-criadores dos seguintes projectos:

“CUSTOM CIRCUS” 

Companhia de Teatro Transdisciplinar e Artes Visuais 

Conceptualizada em 1988 - Fundada a partir de 1996 - Consolidada em 2002

“NIRVANA STUDIOS” 

O Centro Cultural Alternativo 

Conceptualizado em 1996. Fundado em 2003

“BAND BOX – BAND BOXES” 

Macro Comunidade de Músicos 

Criada em 2003 - Patenteada em 2010 

“TEATRO CUSTOM CAFÉ”  

Sala de Espectáculos Transdisciplinares

Conceptualizado em 2004 - Iniciado em 2008 - Inaugurado em 2012

GALERIA STRANGE

Galeria Pluridisciplinar e Experimental

Inaugurada em 2004 - Intitulada Black Box até 2012

CUSTOM VILLE

 Residências para Artistas e Estudantes

Inaugurado em 2017

ERASMUS HUB

Plataforma de Acolhimento Internacional para Estágios Culturais 

Inaugurado em 2022

ART EXPRESS  

Muro da Fama 

Instalação para Residências Artísticas Cosmopoiltas  

Inaugurado em 2008

 

TUTORIAS - FORMAÇÃO

Tem sido pontualmente tutor de estágios de cursos culturais desde 2008, trabalhando com diversas universidades, politécnicos e escolas profissionais, a nível nacional e internacional, colaborando principalmente no programa Erasmus.

 

OUTRAS ACTIVIDADES

 “Oeiras Fora da Caixa” - Coordenação editorial ​(desde 2017)

“OBS – Oeiras Band Sessions” - Host Juri (desde 2009)

“Galeria STRANGE” - Tem sido um dos curadores (desde 2006)

“EFO - Escola Flamenca de Oeiras” ​- Consultor cultural (desde 2006)

​“Festival Nirvana Studios - Open Day” - Direcção artística (desde 2004)

​​

 

CRONOLOGIA

(1994 - 2004)

Foi field manager na “Expo'98 – Lisboa” e “Lisboa’94 – Capital da Cultura” nas áreas de Teatro de Rua e Performances de Vanguarda, colaborando com a produtora Eutaxia-Assessoria Cultural, entre outras produtoras.

Em 1996 foi cofundador da produtora Nirvana, onde iniciou o seu percurso na encenação de eventos corporativos e happenings teatrais multimédia para lançamentos de filmes e álbuns dos estúdios Warner, Polygram,,BMG, Sony, Universal, entre outros. Nessa mesma prpodutora, trabalhou com várias companhias artísticas, desenhando eventos exclusivos no panorama das multinacionais. Fechou esse ciclo em 2004, após encenar diversos eventos para períodos emblemáticos como o “Euro 2004”.

​​

Em 1997 foi co-criador do “Galardão Digital da Associação Fonográfica Portuguesa”.

Entre 1996 e 1997, na produtora Nirvana co-criou e co-produziu no ex-Aquaparque do Restelo as duas edições do “GML- Grande Meeting de Lisboa”, que foi o 1º evento Português dedicado à Custom Culture na sua globalidade.

(1990 – 1994)

Em Lisboa na “Faculdade Moderna” frequentou direito com duas interrupções entre 1990 e 1993; uma por ser mobilizado pelo exército francês durante a Guerra do Golfo, optando por cumprir o serviço militar em Portugal ao abrigo da sua 2ª nacionalidade; e a outra devido à sua paixão pelo mundo do espectáculo, facto que o levou a não prosseguir a universidade.

​​​

​Foi assistente no “IFICT- Instituto de Formação e Investigação Cultural e Teatral” de 1991 a 1992. 

​​​

Foi sazonalmente roadie free lancer de FX pirotécnicos na frente de palco das tours de “U2” e “Dire Straits” de 1991 a 1992.

​​​

Em 1992, a convite do encenador argentino Adolfo Gutkin, integrou a empresa “Eutaxia - Assessoria Cultural” para o tour da companhia Archaos (Itália-Espanha-Portugal). Mas devido à dissolução dessa troupe Francesa nesse mesmo ano, continuou com o Gutkin nas tournées das companhias La Fura Dels Baus e Els Comediants. Como assistente e discípulo ad hoc a sua relação profissional com o encenador e produtor Adolfo Gutkin alargou-se até 1999, como membro das suas equipes de realização e produção em mais de uma centena de espectáculos com as seguintes companhias:

​​​

​Ana La China (ES)

Arturo Toscanini (IT)

Ballet Bolshoi (RUS)

Ballet de Kirov (RUS)

Ballet de Minsk (RUS)

Bederen Bat (ES)

Brunchu (ES)

Chick Corea (USA)

Christophe Berthonneau (FR)

Circo Nacional da China

Companhia IFICT (PT)

Companhia Nacional Argentina

Companhia XPTO (BR)

Cossacos da Rússia 

Elena Obraztsova (RUS)

Els Comediants (ES)

Gelabert Azzopardi (ES)

Groupe F (FR)

Guirigai (ES)

Jacka Maré Spino (FR)

Jêrome Deschamps (FR)

Karmen Larumbe (ARG)

La Cuadra de Sevilla (ES)

La Fura Dels Baus (ES)

Marcel Marceau (FR)

Marimbondo (PT)

Michael Nyman (UK)

Mummenschanz (CH)

Pupi & Fresedde (IT)

Olissipo (PT)

Ópera de Kiev (RUS)

Ópera de Pekin (CHN)

Ópera Nacional Búlgara

Orquestra de Tarbes (FR)

Pirotecnia Minhota (PT)

Pirotecnia Oleirense (PT)

Plan K (BE)

Plasticiens Volants (FR)

Semola Teatre (ES)

Ta Fantastika (CZ)

Teatro do Ornitorrinco (BR)

Theatre du Mouvement (FR)

Titanic (FR)

Transe Express (FR)

Tricicle (ES)

Turbo Unit (UK)

UR Teatre (ES)

Vol Ras (ES)

Xarxa (ES)

Zyriab (ES)

 

​​​​

CRONOLOGIA

(1980 – 1990)

 

​ (1989 - 1990): Foi um dos assistentes do escultor português Luis Valadares

 

(1988): Muito influenciado pelo Post Punk Industrial, pelo teatro de intervenção e circo de vanguarda francês que explodia nessa altura, escreveu o livro “A Saga da Roda” que viria mais tarde dar origem aos Custom Circus.

(1984 – 1989): Frequentou cursos de Arte, Design e Educação Física no ensino geral, intermitentemente entre França e Portugal.

 

(1982 – 1988): Iniciou representação juvenil em Paris no théatre amateur da colonie de la Porte de Versailles. Posteriormente em ATL's frequentou workshops de performance multidisciplinar, nouveau cirque e artes plásticas com os artistas de rua do Centre Pompidou e na Colonie d'Issy Les Moulineaux. Aprendeu piano e posteriormente harmónica de Blues, tocando em grupos de garagem no meio underground.

 

​​​

OUTROS FACTOS e CURIOSIDADES​​

Foi concebido em 1970 por pais existencialistas. Com uma grande irmã quase hippie como guia espiritual, viveu uma infância livre estilo Tom Sawyer dividida entre as margens do Sena e do Tejo. Graças ao trabalho dos seus pais em hotéis de 5 estrelas, eventos e salas de espectáculos em Paris, foi uma criança adorável que ocasionalmente impôs a sua irritante presença a artistas como Bob Dylan, Elizabeth Taylor ou Salvador Dali.  Com a família a fazer também parte das claques de estreia de salas míticas como o Moulin Rouge,

Olympia, Folies Bergeres, Crazy Horse, Calcutá, Lido, L’ópera e Le Chatelet, cresceu também no meio de cenários, projectores, actores, bailarinas e músicos.

​​

Numa adolescência ligada ao underground dos anos 80, as suas muitas influências foram cocktails explosivos de Punk, Gótico, Blues, Psychobilly, shows boémios e anárquicos, Cabaret, Teatro Russo e concentrações de Rockers e Bikers, num condensado de Ramones, Edith Piaf, Joy Division, Muddy Waters, The Cramps, Mad Max, Johnny Cash, Easy Rider e Stanislavsky.

 

Constantemente desafiado e atormentado por uma alma inquieta, experimentou fora do mundo do espectáculo várias profissões e estilos de vida. Foi empresário, artesão, publicitário, feirante, antiquário, camionista, tradutor, activista, free surfer e biker 1% nos Road Runners de 1994 a 2002, ano em que foi pai e a sua responsabilidade se focou mais nessa direcção. Todas essas trajectórias de vida ajudaram-no de forma empírica a traçar o percurso da sua saga literária “Atland – Custom Circus”.

bottom of page